Por Eduardo Luiz
25/10/2021, 23h39

Time de Abel Ferreira voltou a sofrer gol relâmpago, mas desta vez conseguiu reagir. Luiz Adriano e Felipe Melo fizeram os gols da vitória por 2 a 1.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Apenas com Danilo de novidade no time titular – substituiu Zé Rafael, suspenso, o Palmeiras iniciou o jogo vendo um filme conhecido se repetir: sofrer gol antes dos 5 minutos. Num rápido contra-ataque, aos 3, Luciano Juba recebeu lançamento nas costas de Gómez e cruzou para Leandro Bárcia finalizar entre as pernas de Weverton: Sport 1 a 0.

Não satisfeito em repetir um erro corriqueiro, o Verdão tornou o roteiro quase igual ao de outras oportunidades, como contra CRB e Cuiabá: criou várias chances de gol, mas não teve a competência para aproveitá-las. Aos 6 minutos Raphael Veiga experimentou da entrada da área, para fora. Aos 16, Rony chutou cruzado, a bola passou pelo goleiro mas não por Thyere, que tirou de Luiz Adriano o empate. Após a cobrança de escanteio executada por Veiga, Rony desviou de cabeça, por cima.

Aos 22 minutos o Sport resolveu ajudar: Sabino praticamente deu a bola para Luiz Adriano arrancar e chutar cruzado, parando em boa defesa de Mailson. Dudu entrava livre pelo meio e ficou reclamando o passe. Aos 27, depois de outra bola levantada para a área, Rony tentou de primeira e errou por muito. Cinco minutos depois Raphael Veiga cobrou escanteio na cabeça de Luiz Adriano, que escorou rente à trave.

Afobado, o Palmeiras seguiu criando chances. E desperdiçando. Aos 35 minutos Rony fintou o zagueiro e chutou forte, à esquerda do goleiro, que nem se mexeu. Aos 41, o camisa 7 cobrou escanteio e Felipe Melo desviou para fora. No minuto seguinte uma bela jogada: Felipe Melo tabelou de letra com Marcos Rocha, o lateral cruzou, Rony resvalou e Piquerez chegou chutando; a bola tinha endereço, mas Thyere evitou o empate. Antes do intervalo ainda deu tempo para Raphael Veiga também tentar, mas o meia finalizou fraco de direita após bom passe de Dudu.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Com Scarpa no lugar de Danilo, o Palmeiras voltou para o segundo tempo com mais apetite e disposto a quebrar a escrita recente. Logo aos 2 minutos Felipe Melo arriscou uma bomba, rente ao travessão. Aos 6, Dudu ajeitou para Scarpa chutar para fora. No minuto seguinte Scarpa cobrou escanteio, a bola bateu na bunda de Luiz Adriano e entrou: 1 a 1. O gol da virada quase saiu na sequência e após outro escanteio de Scarpa; dessa vez passou em frente a Luiz Adriano, que não aproveitou.

Personagem da reação, Scarpa quase marcou gol olímpico aos 12 minutos, mas Mailson estava atento. Aos 13 minutos Raphael Veiga tocou para Rony puxar para dentro e bater colocado buscando o ângulo esquerdo do goleiro, mas ele errou o alvo. Aos 18, Marcos Rocha cruzou e Luan escorou nas mãos de Mailson. Dois minutos depois a bola sobrou para Veiga encher o pé e também parar no goleiro.

Aos 21 minutos o técnico Abel Ferreira promoveu mais duas mudanças: Luiz Adriano por Deyverson, e Rony por Willian. Aos 23, Dudu fez bela jogada individual, foi à linha de fundo e cruzou para dentro da área, mas ninguém de verde apareceu para concluir. Aos 24 minutos Scarpa tentou da entrada da área, mas chutou para fora.

Só dava Verdão. Aos 26 minutos a virada só não saiu em dois lances seguidos graças a dois milagres de Mailson, ambas em cabeçadas de Gómez. Aos 29, Scarpa cobrou falta no meio do gol, desta vez fácil para o goleiro. Dois minutos depois o camisa 14 teve a chance com a bola rolando, mas errou o alvo. Aos 33, Scarpa fintou seu marcador e levantou na cabeça de Willian, que escorou por cima.

A virada estava amadurecendo. Aos 34 minutos Dudu recebeu ótimo passe de Marcos Rocha e ao invés de tocar para Deyverson, que estava livre na pequena área, tentou o chute; Mailson mandou para escanteio. Após a cobrança de Scarpa, Willian resvalou no primeiro pau e Felipe Melo conferiu no segundo. UFA! 2 a 1.

Finalmente a frente no placar, e já com Patrick de Paula no lugar de Veiga, o Palmeiras diminuiu o ritmo e passou a administrar o resultado. Aos 44 Abel ainda trocou Dudu por Danilo Barbosa. O Sport até teve mais posse de bola nos minutos finais, mas não conseguiu criar uma chance clara para tentar o empate.

Com a suada vitória no Allianz Parque o Verdão vai a 49 pontos e reassume a vice-liderança do Brasileirão. O Atlético-MG está tranquilo na primeira colocação com 59 pontos.

O Palmeiras volta a campo às 16h de domingo (31/10) para enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre.

Notícias relacionadas: