Por Eduardo Luiz
13/04/2022, 00h53

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Autor do sexto gol do Palmeiras no atropelamento sobre o Independiente Petrolero, o atacante Rony alcançou mais uma marca histórica com a camisa alviverde na Libertadores.

Agora o camisa 10 divide com Alex, ídolo da década de 90 e que também usava a 10, a condição de maior artilheiro do Verdão na história da competição continental. Rony é bicampeão, e Alex tem 1 título, o de 1999.

Depois do jogo, Rony emocionou-se ao comentar o feito: “Sou muito grato à torcida do Palmeiras, a Deus, aos meus familiares, pelo apoio na dificuldade. Estavam junto comigo, me deram apoio e força. Pra chegar no Palmeiras e bater esses números, é muito difícil. Só tenho que agradecer a Deus por tudo que ele faz em minha vida”, disse o jogador, em entrevista ao STB.