Por Eduardo Luiz
12/08/2020, 23h23

No primeiro jogo após o título Paulista, Verdão mostra um futebol ruim e soma apenas 1 ponto no Maracanã. Luiz Adriano fez o gol.

(Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras)

Com 6 alterações em relação ao time que atuou na final do Campeonato Paulista no sábado, o Palmeiras iniciou o jogo tentando superar a falta de entrosamento. A primeira finalização foi do Fluminense. Aos 2 minutos Nenê arriscou de longe, a bola desviou e saiu em escanteio, que não resultou em nada.

A resposta do Verdão veio aos 10: após a bola sobrar na entrada da área, Zé Rafael chegou batendo de primeira, mas errou o alvo. Aos 14 minutos Vitor Hugo ganhou disputa com Fred no meio-campo, a bola sobrou para Zé, que percebeu Luiz Adriano livre e fez o passe; o centroavante mostrou frieza para escolher o canto e abrir o placar: 1 a 0.

A frente no placar, o Palmeiras repetiu a tática utilizada contra o Corinthians: ofereceu a bola ao adversário e se fechou para explorar os contra-ataques. Aos 23 minutos Raphael Veiga arriscou de fora da área, por cima do travessão. Aos 26 Evanílson girou pra cima de Bruno Henrique e finalizou à esquerda de Jailson.

Jogando em ritmo de amistoso, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo acabou castigado aos 38 minutos: após vacilo coletivo do sistema defensivo, Evanílson ganhou de Viña, chutou forte e contou com desvio de Luan para vencer Jailson: 1 a 1. O empate animou os mandantes. Aos 41 Yago rolou para Dodi chutar para fora, com certo perigo. No primeiro tempo foi só.

continua após a publicidade

Sem alterações, o Palmeiras voltou para a etapa final com uma postura diferente, tomando atitude. Aos 3 minutos Rony fez boa jogada individual e chutou cruzado, à direita de Muriel. Aos 4 a defesa do Fluminense errou ao sair jogando, Gabriel Menino ficou com a bola, demorou um pouco para tomar uma decisão e enfiou para Raphael Veiga, que teve o cruzamento bloqueado.

Aos 6 minutos Veiga desarmou Nino na bola, passou pelo goleiro e fez o gol, mas o árbitro assinalou falta do meia antes da conclusão, contrariando a orientação para poder consultar o VAR. Pouco depois de ver o time ser prejudicado, Luxa mexeu 3 vezes: Lucas Lima, Patrick de Paula e Willian entraram nos lugares de Raphael Veiga, Gabriel Menino e Willian, respectivamente.

Apenas 9 minutos depois o Verdão voltou a levar perigo, mas sem a participação dos 3 que entraram: Viña cruzou por baixo e Luiz Adriano chegou um pouco atrasado. Aos 24 a primeira investida do Fluminense no segundo tempo: Egídio tabelou com Ganso e cruzou para Evanílson, mas Jailson interceptou, agarrando a bola.

Para tentar o segundo gol, aos 28 minutos Luxemburgo fez as últimas duas alterações a que tinha direito: Bruno Henrique deu lugar a Ramires, e Zé Rafael saiu para a entrada de Gustavo Scarpa. Aos 34 Scarpa arriscou um chute de longe, fraco, para fora. Aos 37 minutos Dodi copiou o Palmeirense e chutou de fora da área, mas a bola bateu nas costas de Vitor Hugo e quase enganou Jailson.

Aos 39 minutos enfim o Palmeiras trabalhou bem uma jogada: Ramires enfiou para Lucas Lima, o meia dominou no peito e deu lindo passe para Luiz Adriano, que na cara de Muriel finalizou de canhota para fora. Nos últimos minutos da partida nada aconteceu. Com o empate o Verdão estreia no Brasileirão somando 1 ponto fora de casa.

O Palmeiras volta a campo no sábado (15/8) para enfrentar o Goiás, no Allianz Parque. O jogo será às 21h30.

Notícias relacionadas: