Por Eduardo Luiz
29/05/2022, 20h55

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Com a suspensão do técnico Abel Ferreira, coube ao auxiliar João Martins comandar o Verdão à beira do gramado contra o Santos e também falar com a imprensa após a partida. O português elogiou o empenho do time, que superou uma boa apresentação do adversário para somar mais 3 pontos no Brasileirão.

“Há uma coisa que nós exigimos, e que nossos jogadores têm sido fantásticos, que é: se não vai pela técnica, vai pela entrega, raça, dedicação e vontade. Só técnica não ganha jogos. Às vezes, pode fazer um gol com a qualidade técnica de um jogador, mas não é assim que essa equipe joga. Jogam todos por um objetivo, fazem todos o que é preciso para a equipe ganhar”, iniciou o auxiliar.

“Hoje (domingo), foi um jogo em que jogamos bem, sabíamos que seria muito difícil, mas vontade, entrega e determinação não faltaram, e estão de parabéns por isso. Foi por isso que nós ganhamos o jogo, porque não faltou isso” completou João.

Na sequência o auxiliar repetiu o discurso de Abel ao minimizar a classificação de momento – com o empate do Corinthians (1 a 1 com o América) o Verdão assumiu a liderança do Brasileirão.

“Conseguimos recuperar aquele início com três jogos sem ganhar (1 derrota e 2 empates). Não olhamos muito para a tabela, porque aqui no Brasil a diferença de pontos do G4 para quem está 12º ou 13º é de 3 ou 4 pontos. Se perdemos os próximos dois jogos, caímos para quinto ou sexto. Trabalhamos para no final das 38 rodadas estarmos na primeira colocação” encerrou.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro o Palmeiras fará outro confronto direto; enfrentará o Atlético-MG, que também tem 15 pontos. O jogo será no domingo (05/6), às 16h, no Allianz Parque.