Por Eduardo Luiz
30/06/2022, 09h59

(Fotos: Cesar Greco/Palmeiras)

Até o jogo de quarta-feira contra o Cerro Porteño começar, Rony dividia com Raphael Veiga o posto de maior artilheiro do Palmeiras na história da Libertadores; com os dois gols que marcou na vitória por 3 a 0, o camisa 10 isolou-se no topo do ranking: 16 x 14.

Fazendo história pelo Verdão, Rony também igualou o número de gols de jogadores históricos de outros times: Pelé, do Santos, e Zico, do Flamengo. Ao saber do feito, o técnico Abel Ferreira parabenizou o jogador.

“Ele tem aquilo que gosto de ver num homem, não num jogador: caráter. A qualidade, depois, vem com o trabalho. Ele tem isso. Não sabia desse recorde dele. Tenho uma admiração muito grande por todos nossos jogadores. Às vezes queremos que os jogadores sejam perfeitos. Fico muito contente por ele”, disse Abel.

Voando: com 6 gols nos últimos 7 jogos, Rony chegou a 16 na temporada e igualou-se a Raphael Veiga na artilharia do time. Além dos 16 gols, ele tem 2 assistências.

Clique aqui e veja mais números do Verdão em 2022.