Por Eduardo Luiz
29/09/2022, 01h18

(Foto: Reprodução)

Apesar da vitória sobre o Atlético-MG o Palmeiras deixou o Mineirão reclamando muito da arbitragem de Marcelo de Lima Henrique, que não assinalou pênalti em Atuesta e depois ainda invalidou gol legal de Breno Lopes.

Veja abaixo os lances:

A desastrosa arbitragem motivou o diretor de futebol Anderson Barros a fazer um pronunciamento cobrando a CBF – leia aqui.