Por Eduardo Luiz
20/04/2021, 12h22

(Foto: NY City)

Mesmo sem conseguir fechar com o atacante Valentín Castellanos a tempo de inscrevê-lo na fase de grupos da Libertadores, o Palmeiras manteve as tratativas com o NY City, e agora espera por uma sinalização positiva do time americano para avançar na contratação do argentino.

“Falta o New York City decidir pela liberação. Tem uma série de detalhes que você precisa superar e não consegue, não é simplesmente chegar lá. Você viu quantas variáveis aconteceram, e principalmente a responsabilidade em relação aos números. Se a gente olhar para fora da janela, percebemos o cenário econômico delicado, sempre ressaltando que vidas humanas importam. Mas sabemos que o reflexo disso é um grande agravamento da situação econômica do país como um todo, e também do futebol” disse o diretor de futebol Anderson Barros, ao site Ge.

Inicialmente, o Verdão tentou acertar com Castellanos por empréstimo, mas depois a condição mudou. Hoje a negociação consiste na tentativa do Palmeiras em adquirir os direitos econômicos do atacante, de 22 anos. A proposta é de 4 milhões de dólares.

“Na primeira vez em que discutimos, foi nos apresentado como empréstimo com opção (de compra). Depois disso, se pensou em trocas e depois de venda definitivamente. Inicialmente, era um valor, nós entendemos que não daria para assumir o compromisso, até o momento que a condição de parcelamento favorecia a operação. Nós tínhamos o período de inscrição para a primeira fase da Libertadores, que já passou. Esperamos que a gente possa retornar” explicou Barros.

De acordo com o executivo, Castellanos já manifestou a vontade de acertar com o Maior Campeão do Brasil, mas se a negociação não for definida nos próximos dias, o clube já tem outros alvos definidos.

“É um jogador que quer vir, tem vontade de disputar as competições, é uma operação que pode ser positiva a nível estrutural e financeiro. Mas se ela não acontecer, temos outras opções e assim faremos” encerrou.