Por Eduardo Luiz
15/09/2020, 19h31

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

O Palmeiras está pronto para o jogo que vai marcar a retomada da Libertadores após 6 meses de paralisação, contra o Bolívar, às 21h30 desta quarta-feira, em La Paz, capital da Bolívia.

Novamente no campo do The Strongest, o técnico Vanderlei Luxemburgo comandou um treino tático e fez os últimos ajustes no time titular, cuja formação será revelada uma hora antes da bola rolar.

O volante Patrick de Paula, o meia Lucas Lima e o atacante Luiz Adriano permaneceram no hotel e estão fora da partida. Ao site oficial o coordenador científico do clube explicou o motivo dos três virarem desfalques.

“O Núcleo de Saúde e Performance faz avaliações constantes para saber os níveis de performance e recuperação dos atletas. O Lucas Lima sofreu um trauma na região do pé e fica fora da partida por veto do departamento médico, diferentemente do Luiz Adriano e do Patrick de Paula. Eles apresentam um congestionamento de jogos nas últimas semanas, uma minutagem elevada, e, junto às avaliações de termografia e CK, entre outros questionários, apresentaram níveis de fadiga muscular elevado. Isso acarretaria em uma possibilidade grande de lesão sabendo das condições climáticas, altitude, gramado pesado e um jogo que exigirá intensidade. Diante das nossas necessidades e dos próximos confrontos, tanto no Brasileiro quanto na Libertadores, optamos, em conjunto Núcleo de Saúde e Performance e comissão técnica, em tirar esses três atletas da partida contra o Bolívar” disse Daniel Gonçalves.

Com as três baixas confirmadas, uma provável formação alviverde é Weverton; Mayke (Marcos Rocha), Luan, Gustavo Gómez e Viña; Ramires, Gabriel Menino, Zé Rafael e Raphael Veiga; Wesley e Willian.

Errata: ao contrário do que citamos em notícias anteriores, a Libertadores ficou paralisada por 6 meses, não por 5. O último jogo do Verdão foi em 10 de março (vitória por 3 a 1 sobre o Guaraní, no Allianz Parque).