Por Eduardo Luiz
14/07/2021, 21h17

Weverton: 8,0
Duas ótimas defesas. Voltou em alto nível.

Marcos Rocha: 6,0
Sofreu um pouco na marcação, mas deu conta do recado.

Kuscevic: 6,0
Um pouco desatento. Também abusou nas tentativas de sair jogando.

Gómez: 7,0
Um gigante nas bolas aéreas.

Viña: 6,0
Se limitou a marcar, e teve certa dificuldade.

Victor Luis: –
Pouco tempo em campo.

Danilo: 6,0
Um pouco perdido. Não conseguiu marcar com efetividade e também não conseguiu iniciar as jogadas.

Zé Rafael: 7,5
Levou uma porrada no começo do jogo que transformou ele. Jogou com sangue nos dandes (literalmente).

Scarpa: 6,0
Sofreu com a forte marcação da Católica.

Dudu: 5,5
Visivelmente fora de ritmo.

Raphael Veiga: 8,0
Assim como Scarpa, não teve muitos espaços. Assumiu a responsabilidade e converteu o pênalti.

Patrick de Paula: –
Jogou pouco mais de 10 minutos. Ajudou a “fechar a casinha”.

Breno Lopes: 6,5
Fez um jogo tático. Foi muito mais útil recompondo do que atacando.

Wesley: 6,0
Entrou bem, tentando o drible e sem deixar de ajudar na marcação.

Deyverson: 6,5
Também jogou mais pro time. Brigou por todas bolas altas. Acabou pouco acionado.

Willian: –
Entrou faltando 4 minutos pro fim.

Abel Ferreira: 7,0
Certamente não esperava um adversário tão truculento e um árbitro tão permissivo. O Palmeiras demorou a entender como teria de jogar. Depois que entendeu, fez o necessário para sair vitorioso.