Por Eduardo Luiz
07/02/2021, 17h12

Weverton: 7,5
Fez 3 ótimas defesas. Disparado, o melhor do time.

Marcos Rocha: 4,0
Perdidaço na marcação e nulo no apoio.

Mayke: 5,0
Sem precisar marcar, foi mais perigoso que Marcos Rocha no apoio.

Luan: 3,0
Se precipitou no pênalti. Weverton fecharia o ângulo.

Gómez: 5,0
Abaixo do normal.

Viña: 5,0
Nervoso, se preocupou mais em reclamar com o árbitro do quem em jogar bola. No fim, perdeu ótima chance ao chutar mal com o pé ruim.

Danilo: 5,0
Não conseguiu repetir a boa atuação da semana passada.

Felipe Melo: 4,5
Entrou para tentar melhorar a saída de bola, mas não conseguiu.

Zé Rafael: 3,0
Nem ele deve ter entendido porque começou jogando.

Patrick de Paula: 4,0
Não mudou muito o panorama do jogo.

Raphael Veiga: 5,0
Até que tentou ajudar o time, mas faltou objetividade.

Scarpa: 5,0
De seus pés surgiram 2 cruzamentos que levaram certo perigo à meta do Tigres.

Gabriel Menino: 4,0
Muito abaixo do que pode render.

Willian: 5,5
Entrou bem. Criou uma chance clara para o empate.

Rony: 5,0
Não faltou disposição, mas se posicionou mal em vários ataques, ficando em impedimento em quase todos.

Luiz Adriano: 3,5
A bola chegou uma vez, e ele furou.

Abel Ferreira: 5,0
Repetiu o time da final da Libertadores sendo que diante do Santos a atuação já não tinha sido muito boa. A saída de Zé Rafael era uma necessidade, mas ele bancou. Para completar, foi teimoso ao não mexer no intervalo. Precisou ficar atrás para mudar a equipe. Que sirva de aprendizado para ele também, que tem muito crédito. Em pouco tempo o Palmeiras tem uma final de Copa do Brasil para disputar. Foco!