Por Eduardo Luiz
23/01/2023, 14h07

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

A torcida Palmeirense já se acostumou: quando o jogo é contra o São Paulo, a arbitragem, seja da FPF ou da CBF, vai dar uma ajudinha ao rival. Nos últimos 8 clássicos, por Campeonato Paulista, Brasileirão ou Copa do Brasil, o Verdão foi prejudicado em cinco.

O mais recente favorecimento ao time do Jardim Leonor aconteceu no domingo, com Arboleda cometendo pênalti em Piquerez. O VAR, que outrora foi usado para inventar um pênalti de Marcos Rocha, ou que esqueceu de funcionar num pênalti fabricado que teve origem num impedimento, se fez de cego.

Relembre abaixo todos casos:

2023:

  • Palmeiras 0 x 0 São Paulo (Paulista)

“Erro”: Pênalti não assinalado em Piquerez.

2022:

  • Palmeiras 0 x 0 São Paulo (Brasileirão)

Sem erros.

  • Palmeiras 2(3)x(4)1 São Paulo (Copa do Brasil)

“Erros”: pênalti inventado em lance de impedimento. Pênalti não assinalado em Dudu.

  • São Paulo 1 x 0 Palmeiras (Copa do Brasil)

“Erro”: gol do São Paulo sai após falta não assinalada em Dudu.

  • São Paulo 1 x 2 Palmeiras (Brasileirão)

“Erro”: Patrick fez gol de mão.

  • Palmeiras 4 x 0 São Paulo (Paulista)

Sem erros.

  • São Paulo 3 x 1 Palmeiras (Paulista)

“Erros”: Primeiro gol saiu em pênalti inexistente de Marcos Rocha; terceiro gol saiu após falta de Calleri em Wesley. Pênalti não assinalado em Gómez.

  • São Paulo 0 x 1 Palmeiras (Paulista)

Sem erros.