Por Eduardo Luiz
18/07/2022, 21h55

Verdão não vencia pelo nacional há 3 rodadas; resultado positivo leva a equipe a 33 pontos, 2 a mais que o Atlético-MG.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Com Mayke no lugar de Marcos Rocha, e Gabriel Menino no lugar de Zé Rafael, o Palmeiras iniciou o jogo encontrando muita dificuldade para construir, já que o Cuiabá se posicionava todo atrás do meio-campo. Aos 7 minutos, no que viria a ser uma rara jogada de perigo no primeiro tempo, Dudu enfiou para Raphael Veiga cruzar para Mayke cabecear e parar em boa defesa de Valter; a bola ainda bateu na trave e quando voltava para o lateral um zagueiro cortou.

Num contra-ataque, aos 9 minutos, o Cuiabá assustou a meta de Weverton com Alesson; o atacante recebeu cruzamento e chutou de primeira, dentro da área, por cima do travessão. O Verdão só voltaria a incomodar o goleiro adversário aos 26 minutos: Scarpa cobrou escanteio e Marllon, sem querer, concluiu contra a própria meta, mas o goleiro estava atento e fez a defesa. Aos 30, Gabriel Menino cobrou falta, Valter deu rebote mas Danilo isolou.

Com o Palmeiras pouco inspirado, o Cuiabá, aos poucos, foi abdicando da postura totalmente defensiva. Aos 32 minutos, em jogada ensaiada de falta, Alan Empereur fez a casquinhas mas Murilo se antecipou a Alesson. Aos 35, Menino foi desarmado na intermediária, o time visitante foi rápido para contra-atacar em jogada que terminou com João Lucas batendo com desvio, para fora.

Aos 37 minutos Scarpa mandou para a área e Valter se antecipou a Murilo. Aos 45, Mayke tocou para Scarpa chutar com o pé ruim, para fora. A última finalização da etapa inicial foi do Cuiabá: aos 47 minutos Valdivia recebeu nas costas de Menino e chutou rasteiro, nas mãos de Weverton.

continua após a publicidade

Segundo tempo

O Palmeiras voltou para o segundo tempo apostando na mudança de atitude. Logo aos 48 segundos Dudu tocou para Raphael Veiga ter um chute bloqueado já dentro da área; na sobra Mayke chutou fraco, fácil para o goleiro. Aos 3 minutos o lateral-direito desarmou Valdivia e deu ótima assistência para Veron ganhar do zagueiro na velocidade e tocar com categoria na saída de Valter: 1 a 0.

Atrás no marcador, o Cuiabá tentou sair pro jogo, deixando espaços em sua defesa que não apareciam no primeiro tempo. Aos 9 minutos Menino tocou para Danilo, o volante furou, mas a bola sobrou para Piquerez arriscar de direita, sem direção. Aos 11, Dudu recebeu do uruguaio e cruzou para Raphael Veiga chutar de primeira, nas mãos do goleiro.

Aos 15 minutos Alesson passou por Piquerez e cruzou para Rodriguinho escorar de cabeça à direita de Weverton. Aos 17, o técnico Abel Ferreira promoveu três alterações de uma vez: Veiga por Zé Rafael, Menino por Atuesta, e Veron por Breno Lopes. As trocas quase surtiram efeito imediato. Aos 18 minutos Atuesta recebeu de Dudu e cruzou rasteiro para Breno Lopes, mas Alan Empereur conseguiu o corte no último instante.

A quarta alteração alviverde foi feita por Abel aos 21 minutos: Dudu deu lugar a Wesley. Aos 27, Scarpa cobrou falta e Danilo finalizou de letra, exigindo boa defesa do goleiro. Aos 33 minutos Uendel cruzou na cabeça de Marllon, que subiu mais alto que a defesa Palmeirense e desviou para fora, rente à trave esquerda.

O jogo era aberto. Aos 35 minutos Breno Lopes desarmou Joaquim na entrada da área e tocou para Atuesta, que bateu muito mal, para fora. Aos 39, após rebote da defesa em cobrança de falta executada por Scarpa, Wesley soltou a bomba, mas Valter estava atento. Aos 40, Piquerez pediu para sair. Vanderlan entrou em seu lugar.

Nos últimos 10 minutos, contando os 5 de acréscimo, o Verdão cedeu a bola ao Cuiabá, que não soube o que fazer com ela. Assim foi o reencontro do Palmeiras com a vitória no Brasileirão após 3 rodadas; a equipe vai a 33 pontos e mantém a liderança isolada.

O Verdão volta a campo às 20h de quinta-feira (21/7) para enfrentar o América-MG, na casa do adversário.

Notícias relacionadas: