Por Eduardo Luiz
29/08/2021, 00h48

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Autor do gol da vitória sobre o Athletico-PR, o atacante Rony encerrou um jejum de 14 jogos sem marcar – seus últimos gols tinham acontecido em 27 de maio na partida contra o Universitario, pela Libertadores: 6 a 0 no Allianz Parque (ele fez 2 gols).

Após o jogo, o camisa 7 falou sobre gol contra o ex-clube: “Tenho um respeito muito grande pelo clube, pela torcida. Quando cheguei no Athletico-PR me receberam muito bem, então só tenho que agradecer. Feliz pelo gol, triste por ter sido em cima do meu ex-clube. Mas muito mais feliz pela grande vitória que estávamos precisando”.

Na sequência, Rony lembrou o período que ficou afastado por lesão: “Só Deus e minha família sabem o que passei nos últimos meses, com uma lesão extremamente difícil, muitas dores. Mas, quando a gente quer alguma coisa na vida, temos que perseverar até o fim. Então, só tenho que agradecer a Deus” completou o atacante, à TNT Sports.

A forma como Rony fez o gol – de pé esquerdo – foi tema da entrevista coletiva que o técnico Abel Ferreira concedeu: “Fico muito feliz que ele fez o gol com o pé esquerdo. Ele no treino fazia como o Saci e não chutava com a perna esquerda. Eu dizia que tinha que arriscar, chutar com a perna esquerda, era um problema mental, de confiança” disse o treinador.

Com o gol marcado sobre o Athletico-PR, Rony chegou a 9 na temporada. Ele tem 1 a menos que Willian e Raphael Veiga, os principais goleadores do Verdão em 2021.