Por Tática Didática – Parceiro do PTD
03/09/2021, 09h51

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

A janela de transferências se encerrou e o Palmeiras como já havia demonstrando diante sua postura no mercado, não foi atrás de um atacante de peso como a maioria da torcida pediu. Com isso nós, do Tática Didática, analisamos o que tem dentro do grupo para a temporada.

Começando pelo que já estava na casa e retornou, Deyverson. O atacante que já foi bastante polêmico pela sua postura vive uma relação de amor e ódio com o torcedor, assim como sua falta de regularidade que o faz jogar uma partida muito bem e outra muito mal.

Destaque nas campanhas vitoriosas do ano passado, Luiz Adriano veio perdendo espaço conforme teve uma má fase técnica aliada a pouca vontade. Considerado o atacante mais técnico do elenco, o camisa 10 está em baixa fisicamente e com dificuldade de retornar ao seu nível de atuação do ano passado.

A solução que pode vir a ser viável é a presença dos meias e volantes na grande área para finalizar. Raphael Veiga e Scarpa tem essa capacidade para conseguir definir as jogadas e converter em gols.

No vídeo abaixo, explicamos as características de cada opção de Abel Ferreira. E também as soluções que o português pode buscar para voltar a ter um setor ofensivo de qualidade. Assista e responda: qual o ataque ide para o Palmeiras?