Por Eduardo Luiz
08/12/2020, 23h31

Verdão saiu na frente com Gustavo Gómez, mas levou o empate após vacilo do goleiro. Um 0 a 0, na volta, garante a classificação para a semifinal da Libertadores.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Com Scarpa e Rony de titulares nos lugares de Lucas Lima e Willian, o Palmeiras iniciou o jogo muito mal, lento e sem criatividade. Melhor para o Libertad, que não demorou a criar boas chances de gol. Aos 3 minutos Zé Rafael recuou errado de cabeça nos pés de Bareiro, que soltou a bomba e parou em boa defesa de Weverton. Aos 5 minutos, após cruzamento na área, Rony ficou pedindo cotovelada de Cardozo; o árbitro consultou o vídeo e não deu o pênalti.

O lance não mudou o panorama da partida, já que o time da casa seguiu melhor. Aos 12 minutos Martínez chutou cruzado e Gómez interceptou. Aos 13, Cáceres arriscou de fora da área e assustou Weverton. Aos 15 minutos a oportunidade mais clara: após outro vacilo do sistema defensivo alviverde, Martínez tocou para Bareiro carimbar a trave.

Depois da pressão inicial, o Libertad diminuiu o ritmo mas não perdeu o controle do jogo, uma vez que o Verdão era inofensivo. Aos 34 minutos, após rápido contra-ataque, a equipe paraguaia desperdiçou mais uma chance para abrir o placar: Bareiro levantou sob medida para Óscar Cardozo, que cabeceou rente à trave esquerda de Weverton.

E como o futebol não é um esporte de justiça, aos 40 minutos, num raro ataque que resultou num escanteio, o Palmeiras fez 1 a 0: Scarpa cobrou e Gómez escorou no canto esquerdo de Martín Silva. Antes do primeiro tempo terminar quase saiu o segundo: Scarpa cobrou falta, o goleiro deu rebote mas Rony finalizou mal, para fora.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Na etapa final, sem alterações, o Verdão voltou marcando um pouco melhor o Libertad, mas sem conseguir agredir o adversário. O jogo era morno até que aos 17 minutos, num cruzamento para a área, Weverton falhou e Espinoza mandou para o fundo da rede: 1 a 1.

Pouco depois do empate a comissão técnica de Abel Ferreira promoveu duas alterações: Zé Rafael e Raphael Veiga deram lugar a Lucas Lima e Emerson Santos, respectivamente. Aos 23 minutos Rony brigou pela bola na entrada da área e ela sobrou para Danilo chutar em cima de Martín Silva.

Aos 27 minutos mais duas alterações no Palmeiras: Willian e Breno Lopes foram para o jogo nos lugares de Rony e Gabriel Veron. Mesmo com um time que em tese trabalharia melhor a bola, o Palmeiras praticamente não chegou mais depois das mudanças. Aos 41 minutos Gabriel Menino arriscou um chute de muito longe e fez Martín Silva trabalhar.

Aos 44 minutos a última alteração: Scarpa deu lugar a Gabriel Silva. No 1º dos 6 minutos de acréscimo Lucas Lima cobrou bem uma falta, mas o goleiro adversário estava atento. Pouco depois o camisa 20 foi expulso após receber o segundo cartão amarelo. No último lance o Libertad ainda acertou a trave em cobrança de falta. E foi só.

Como marcou um gol fora de casa, o Palmeiras pode até empatar em 0 a 0 no jogo de volta para avançar à semifinal da Libertadores. A partida acontecerá na próxima terça-feira (15/12).

O Verdão volta a campo às 19h de sábado (12/12) para enfrentar o Bahia, no Allianz Parque.

Notícias relacionadas: