Por Eduardo Luiz
05/12/2020, 19h39

Weverton: 6,0
Duas boas defesas no primeiro tempo, e um susto no segundo.

Mayke: 5,0
Começou bem, mas foi caindo, caindo, caindo… Até sumir.

Luan: 5,0
Partida insegura. No lance do primeiro gol poderia ter bloqueado o cruzamento com um carrinho, mas ficou apenas olhando.

Alan Empereur: 4,5
Não aproveitou a oportunidade. Mal posicionado no primeiro gol e facilmente batido por Marinho no segundo. Saiu lesionado no final.

Kuscevic: 5,5
Pouco tempo em campo, mas foi importante para parar o lado direito do ataque santista.

Viña: 4,5
Depois de ótimas atuações, caiu o nível. Falhou no primeiro gol.

Emerson Santos: 5,0
Perdidaço no meio-campo. De positivo, apenas um chute perigoso no começo da partida.

Zé Rafael: 5,5
Assim como Viña, não manteve o nível dos últimos jogos, mas acabou sendo útil nas jogadas de bola parada. A expulsão foi exagerada.

Raphael Veiga: 6,0
Também ficou devendo, mas cobrou o pênalti do 1 a 1.

Lucas Lima: 5,0
Disperso, não conseguiu armar o time.

Breno Lopes: 5,0
Entrou com o time pregado.

Veron: 5,5
Muito mais dedicado à marcação, pouco ajudou na sua função. No final criou boa chance para a vitória, mas errou o passe para Gabriel Silva.

Willian: 6,0
Voltou à velha forma: perdeu um gol e fez outro.

Gabriel Silva: –
Pouco acionado.

Abel Ferreira/Vitor Castanheira: 5,5
Em relação ao último jogo foram 6 desfalques, sendo 5 titulares. O time começou bem mas aos poucos perdeu intensidade e também fôlego. O sistema defensivo foi muito bagunçado, e Emerson Santos não funcionou como volante. Poderia ter sido recuado para formar uma linha de 3 zagueiros para soltar os laterais. No geral, em função dos desfalques e da qualidade do adversário, resultado aceitável.