Por Eduardo Luiz
03/04/2021, 09h49

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Quando substituiu Papagaio no segundo tempo do jogo contra o São Bento, disputado no dia 24/3, o garoto Newton entrou para a história do Palmeiras ao ser o primeiro panamenho a defender oficialmente o Maior Campeão do Brasil. Treinando com os profissionais desde então, o atacante falou sobre o feito e fez planos para a sequência da carreira.

“Para mim e para o meu país é um privilégio ser o primeiro jogador a vestir uma camisa de um grande clube. Creio que tenho que dar 100% em cada partida para deixar o nome do meu país no alto e, sobretudo, o escudo. Sei que o clube tem uma história bonita e estou emocionado de ter vindo para esse clube, estou muito contente” disse o jogador, ao site oficial.

“É um sonho para mim. Minha carreira é curta, apenas comecei, fiz uma partida de destaque no sub-20, pude vir para a equipe principal e treinar com grandes jogadores, é algo lindo. Venho trabalhando forte para seguir na mira do professor e dar o melhor de mim” completou o centroavante, de 1,90m.

Sobre a estreia, Newton admitiu que sentiu nervosismo: “Estava muito contente, porque era o meu primeiro minuto em campo pela equipe principal. Também estava um pouco nervoso. Creio que são momentos, que é ir melhorando para enfrentá-los, me sair bem e dar muito o que falar na equipe de cima”.

Enquanto espera por novas oportunidades, o atacante desfruta do convívio com os jogadores mais experientes do elenco: “Para mim, é algo muito importante compartilhar [momentos] com grandes jogadores, que têm grandes trajetórias, como Felipe Melo, Luiz Adriano, o goleiro Weverton, Lucas Lima, jogadores que se destacam. Eles falam muito comigo, me aconselham, me incentivam bastante e me motivam, passam a verdade de perto para ver como trabalham. São muito profissionais dentro e fora de campo, todos têm uma personalidade impecável, são boas pessoas, grandes jogadores, têm as suas histórias marcadas e são jogadores para seguir” encerrou.