Por Eduardo Luiz
18/01/2022, 01h12

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Campeão da Libertadores com apenas 16 jogos disputados pelo Palmeiras, o lateral-esquerdo Joaquín Piquerez espera continuar escrevendo seu nome na história do clube; seu próximo objetivo é o Mundial de Clubes, que será disputado no começo do próximo mês nos Emirados Árabes Unidos.

“Temos um grande objetivo agora com o Mundial de Clubes, além do Paulista, nossos objetivos a curto prazo. Estamos nos preparando para isso, estão nos dando todas as ferramentas necessárias nos treinamentos. O clube é muito grande, temos todo o apoio das pessoas trabalhando por nós para que possamos dar nosso 100% todos os dias. Nós, como jogadores, temos esse privilégio, mas também temos de ter a responsabilidade de enfrentar todos os desafios”, disse o camisa 22, em depoimento à TV Palmeiras.

Sobre o título da Libertadores, quase 2 meses depois o uruguaio ainda curte: “O título no Uruguai foi algo único, dificilmente voltará a se repetir. Uma final única de Libertadores no Centenário, em meu país, com minha família torcendo. Foi um orgulho, um sentimento muito especial de entrar para a história do Palmeiras, um clube muito grande. É um privilégio que nem todos os jogadores podem ter e estou muito feliz de ter alcançado esse título”.

Piquerez concluiu dizendo que a comemoração foi proporcional à importância da conquista: “Foi algo único, um título muito grande que conquistamos, então a comemoração foi do tamanho do título”.