Por Eduardo Luiz
11/12/2022, 09h22

(Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

O Palmeiras publicou ontem no site oficial o balancete de outubro, que mostra como o clube esteve financeiramente até o décimo mês do ano.

No orçamento, o Verdão esperava ter faturado 523 milhões até outubro, mas realizou 110 mi a mais – R$ 633,2 milhões. Por outro lado, as despesas também foram maiores: R$ 579 milhões, não os R$ 513 orçados (66 mi a mais). Os bons números fizeram o Palmeiras chegar em outubro com um superávit de R$ 20 milhões.

A dívida do clube segue sob controle; caiu de R$ 527 milhões em setembro para R$ 519 mi em outubro, sendo R$ 309 milhões de curto prazo (para ser quitada em até 12 meses). Para a Crefisa, o valor devido foi reduzido em R$ 3 milhões (de 82 para 79 mi).

Veja abaixo as principais fontes de renda até outubro:

  • Direitos de transmissão: R$ 137 milhões
  • Publicidade e patrocínio: R$ 118 milhões
  • Arrecadação com jogos: R$ 51 milhões
  • Negociações: R$ 166,8 milhões
  • Avanti: R$ 42,4 milhões
  • Licenciamentos: R$ 17,9 milhões
  • Premiações: R$ 42 milhões
  • Social: R$ 42 milhões