Por Eduardo Luiz
21/07/2022, 12h06

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Fenômeno da base do Palmeiras, a mais vitoriosa do Brasil, o atacante Endrick assinou na manhã desta quinta-feira, 21 de julho – data que completa 16 anos, seu primeiro contrato profissional. Ao site oficial o garoto comemorou a nova fase na carreira e se declarou ao clube.

“É um sentimento de orgulho, de ver o que plantei e estou colhendo, com o início de um novo ciclo. Sentimento de gratidão pela confiança do Palmeiras. Vou continuar com humildade e pés no chão. O Palmeiras foi o único clube que sempre acreditou em mim. Me acolheu desde os dez anos, quando fiz o teste aqui. Sempre apostou em mim, e agora é a prova viva disso, quando assino meu contrato profissional. Para mim, nunca está bom, quero sempre mais. O Palmeiras vai crescer cada vez mais, é o maior campeão do Brasil. É o time do meu coração, vou ter gratidão pelo resto de minha vida”, iniciou.

“Não é fácil jogar pelo Palmeiras, é um time com muitos craques. Vou aprender muito com eles, já recebi muitos conselhos quando vim treinar aqui. Admiro bastante todos os atacantes do elenco, vejo a determinação e a raça que têm. É assim que tem que jogar pelo Palmeiras. Tanto na base quanto no Profissional, o Palmeiras tem que estar ganhando”, completou.

No Palmeiras desde o Sub-11, Endrick coleciona títulos e números impressionantes: 179 gols em 183 jogos (por todas categorias). Atualmente o jogador se recupera de lesão no tornozelo. Quando estiver 100%, permanecerá à disposição do elenco Sub-20, mas eventualmente treinará junto dos profissionais.

Por lei, Endrick assinou por apenas 3 anos – até julho de 2025. Mesmo que Palmeiras negocie o jogador num futuro próximo, ele só poderá deixar o clube quando completar 18 anos. A multa rescisória é de 60 milhões de euros (R$ 335,5 milhões). O Verdão é dono de 70% dos direitos econômicos do atacante.