Por Eduardo Luiz
08/06/2020, 19h16

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF )

A CBF anunciou no final da tarde de segunda-feira que disponibilizará uma linha de crédito de até R$ 115 milhões aos clubes das Séries A e B, sendo que R$ 15 milhões serão destinados aos times da segunda divisão como forma de adiantamento. Cada equipe da primeira divisão terá acesso a R$ 5 milhões.

Os clubes que precisarem do dinheiro poderão realizar a operação a juro zero, e darão como garantia os valores dos direitos de transmissão das competições que disputam, além dos prêmios por desempenho nesses campeonatos.

“A CBF sabe que os clubes são a base de toda a indústria do futebol e que eles tem sofrido grandes impactos com a paralisação das competições provocada pela epidemia de Covid-19. Por isso, temos procurado todas as formas de apoiar os clubes nesse momento difícil. Não basta que voltem as competições. Precisamos de clubes capazes de retornar a elas de forma competente” disse o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

Ainda sem previsão para ser retomado, o futebol brasileiro está paralisado há quase 3 meses, desde a segunda semana de março. Apesar disso, mesmo com o já certo achatamento do calendário, a CBF acredita que conseguirá realizar o Brasileirão no formato tradicional, com 38 rodadas: “Tenho a convicção de que as competições nacionais serão concluídas com absoluto sucesso” encerrou Caboclo.