Por Eduardo Luiz
02/10/2020, 15h48

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Muito pouco aproveitado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo – nem relacionado foi para o jogo de quarta-feira contra o Bolívar, o meia Gustavo Scarpa recebeu várias consultas de clubes interessados em seu futebol, o último deles o Botafogo, mas o Palmeiras não liberou porque não aceitou as condições do negócio e porque pretende recuperar o jogador.

“Outros clubes, não só o Botafogo, tiveram interesse, mas o Palmeiras entende ainda que para vir a liberar um atleta desse nível, a condição tem que ser extremamente positiva, mas a gente busca ainda a recuperação pela qualidade que ele tem” declarou o diretor de futebol Anderson Barros, em entrevista ao Sportv.

“O Scarpa foi um atleta que mereceu um reconhecimento do clube no passado. Ele tem a consciência que precisa entregar e, mais com os outros atletas, há uma cobrança do clube, da instituição, da comissão e do Vanderlei. É um processo natural. O Scarpa não esteve relacionado no último jogo, o atleta busca esse espaço e estará relacionado para o jogo de sábado” completou o dirigente, revelando que o jogador estará à disposição de Luxa para a partida contra o Ceará.

Em 2020 Gustavo Scarpa tem apenas 13 jogos disputados, sendo só dois deles como titular. O meia tem 1 gol marcado na temporada. No geral, o camisa 14 disputou 84 partidas pelo Maior Campeão do Brasil e marcou 20 gols.

Além de Scarpa, Luxemburgo conta com outros 3 meias no elenco: Lucas Lima, Zé Rafael e Raphael Veiga. Alanzinho, da base, também não era aproveitado pelo técnico e por isso foi emprestado ao Guarani.