Por Eduardo Luiz
18/07/2021, 19h59

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Depois do Palmeiras derrotar o Atlético-GO em Goiânia, chegar a 28 pontos e garantir por mais uma rodada a liderança isolada do Brasileirão, o técnico Abel Ferreira valorizou a manutenção da primeira colocação e a sequência de vitórias, mas ao mesmo tempo tratou de vetar qualquer clima de empolgação.

“É fruto do trabalho e da organização do clube, da equipe técnica e da vontade dos jogadores por ter esta cultura de vitórias, este rigor que mostraram em campo. É fruto de muito trabalho e exigência, isso reflete dentro de campo” iniciou o treinador.

Pregando pés no chão, o português fez um alerta dizendo que o campeonato ainda não está nem na metade: “Penso que o Brasileirão é dos campeonatos mais competitivos do mundo. Estamos só na 12ª rodada. Aqui vivemos no 8 e 80 e as coisas não são assim. A vitória vale três pontos em uma maratona que é o Brasileirão. Ainda nem chegamos no meio, faltam 26 jogos”.

“É a mesma que ganhou a Copa e a Libertadores, mas que perdeu a Supercopa, Recopa e ficou fora (da Copa do Brasil) contra o CRB. Não vamos ganhar sempre, mas vamos sempre lutar para ganhar” completou Abel, lembrando dos sucessos e dos insucessos do Verdão sob seu comando.

Na quarta-feira (21/7) o Palmeiras decidirá uma vaga nas quartas de final da Libertadores contra a Universidad Católica. O jogo acontecerá às 19h15, no Allianz Parque.