Por Eduardo Luiz
17/06/2021, 00h45

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Encerrado o jogo em Caxias do Sul, o técnico Abel Ferreira analisou a atuação do Palmeiras, que depois de um primeiro tempo ruim, acordou na etapa final e construiu um placar confortável diante do Juventude: 3 a 0.

Recordando as últimas atuações, o comandante Palmeirense destacou a eficiência do time, que desta vez não criou tantas oportunidades, mas conseguiu marcar três gols: “Contra o CRB, eliminados, tivemos 35 finalizações. Contra o Corinthians, foram 15 finalizações. Não tem a ver com o modelo tem jogo, tem a ver com a eficiência”.

Na sequência Abel destacou as atuações de dois jogadores: Deyverson, que já reestreou como titular, e Felipe Melo, que foi recuado para a defesa após a lesão de Luan, e desempenhou um bom futebol.

“O Deyverson tem uma coisa que para mim é obrigatório em um jogador, que é dar tudo em campo. Correr, lutar, sofrer… E ele tem um jogo aéreo fortíssimo, que nenhum dos nossos centroavantes têm. Nos traz opções” disse o treinador, sobre seu “reforço” para o ataque.

A respeito do camisa 30, Abel comentou: “O Felipe Melo me disse que está aqui para servir o Palmeiras, fazer o que for melhor para a equipe. Ele jogou muito bem, liderou a defesa, fez grandes coberturas. Gostei de ver” encerrou.

O próximo desafio do Verdão pelo Brasileirão está marcado para às 11h de domingo (20/6) contra o América-MG, no Allianz Parque.